Trump
Reprodução
Trump criticou momento escolhido pela Pfizer para divulgar dados sobre vacina

Após a declaração do presidente Donald Trump - que criticou a publicação dos dados sobre a vacina da farmacêutica norte-americana Pfizer, divulgados após as eleições dos EUA - o CEO da empresa, Albert Bourla, destacou que a vacina não deve se misturar com política.

Em entrevista à rede CNN, Bourla destacou que não houve motivação política por trás do momento escolhido para divulgar os dados, que apontaram 90% de eficácia da candidata a vacina contra Covid-19.

Trump pressionou entidades científicas por uma vacina ainda antes das eleições nos EUA, que ocorreram este mês no país. O prazo, porém, era considerado inviável por muitos dos profissionais de saúde e conselheiros do presidente.

    Veja Também

      Mostrar mais