O total de falecimentos registrados desde o início da pandemia da doença é de 3.472
Foto: Sandro Pereira/Fotoarena/Agência O Globo
O total de falecimentos registrados desde o início da pandemia da doença é de 3.472

Portugal registrou, nesta segunda-feira (16) mais 91 mortes pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). O número representa um recorde de vítimas em um período de 24 horas no país, de acordo com balanço da Direção Geral de Saúde.

O total de falecimentos registrados desde o início da pandemia da doença é de 3.472. Além disso, a quantidade de casos de infecção subiu para 225.672 nas últimas 24 horas, com a notificação de mais 3.996.

No número de infectados, existe uma queda na comparação com os últimos dias, em que a marca ficou sempre acima da barreira de 6 mil. Uma das explicações para a queda, no entanto, pode ser a menor quantidade de testes realizados no país.

Nos hospitais, o número de internações subiu para 3.040, 11 a mais do que ontem. A alta foi exatamente a mesma na quantidade de pacientes internados em unidades de terapia intensiva, que agora chegou a 426. "Todos os indicadores refletem uma atividade epidêmica intensa" afirmou a diretora geral de Saúde, Graça Freitas.

Portugal entrou em umregime de confinamento parcial, com toque de recolher, de segunda à sexta-feira de 23h às 5h, e nos fins de semana de 13h às 5h.

    Veja Também

      Mostrar mais