Avião
shutterstock
Paciente confirmado estava em um voo vindo de Londres

O Líbano detectou o primeiro caso confirmado de infecção pela nova variante do coronavírus (Sars-CoV-2) em um paciente que desembarcou de um voo entre o país e Londres. Em comunicado, o ministro interino da Saúde do Líbano pediu precaução aos passageiros do voo 202 da Middle East Airlines.

A nova cepa do vírus foi identificado pela primeira vez no Reino Unido e, segundo estudos recentes, pode ser até 74% mais contagiosa que a versão mais conhecida até então. Após o rápido espalhamento de casos na Europa, muitos países, entre os quais o Brasil, proibiram voos quem chegam do Reino Unido.

O Líbano também enfrenta um aumento no número de casos da Covid-19 e consequente sobrecarga no sistema de saúde. Com uma população de cerca de 6 milhões de pessoas, o país registra cerca de mil mortes causadas pela doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários