.
Jae C Hong/AP/Divulgação
O sul da Califórnia relatou seu primeiro caso conhecido da variante, o segundo confirmado nos EUA


Os  EUA já relataram vários casos da nova e aparentemente mais contagiosa variante do coronavírus detectada pela primeira vez no Reino Unido, gerando preocupações sobre há quanto tempo a versão mutante está pelo país e quão amplamente se espalhou.

O primeiro caso conhecido foi relatado no Colorado na terça-feira (29). A pessoa infectada foi posteriormente identificada como um guarda nacional enviado para ajudar em uma casa de saúde que lutava contra um surto. Autoridades de saúde disseram que um segundo membro da guarda também pode estar com ele.

E na quarta-feira (30), a Califórnia confirmou seu primeiro caso conhecido no estado mais populoso do país, que atualmente está experimentando o mês mais mortal da pandemia . A notícia de um segundo caso confirmado em menos de 24 horas ofereceu um forte indício de que a infecção está se espalhando mais amplamente no país.

Os casos levantaram uma série de questões sobre como a nova variante chegou aos EUA e se é tarde demais para pará-la agora, com especialistas dizendo que provavelmente já está se espalhando em outros lugares dos Estados Unidos.

Especialistas dizem que as vacinas contra o coronavírus atualmente distribuídas provavelmente ainda funcionarão para proteger as pessoas contra a nova variante. Os cientistas acreditam que, embora seja mais contagioso, não causa uma doença mais grave do que outras variantes estabelecidas.

No entanto, a descoberta de casos nos Estados Unidos acrescentou urgência à campanha de vacinação do país contra a Covid-19, que matou mais de 340 mil pessoas em todo o país, já que um vírus de disseminação mais rápida pode inundar hospitais com pacientes gravemente enfermos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários