Vacina de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Vacina de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca

A agência reguladora de medicamentos do Reino Unido afirmou, nesta quinta-feira (22), que já são 168 casos de coágulos sanguíneos grandes após ser aplicada uma dose da vacina de Oxford/AstraZeneca. As informações são da Reuters.

O imunizante se tornou alvo de vigilância por causa dos coágulos muito raros, e alguns países, entre eles o Reino Unido, recomendam que só pessoas acima de uma certa idade recebam a vacina. Foram 100 casos relatados na semana passada, quando a incidência total de casos era de 4,9 coágulos por milhão de doses.

Em entrevista à Reuters, Adam Finn, professor de pediatria da Universidade de Bristol, disse que a disparada de casos relatados era esperada. "Casos estão sendo relatados de forma confiável e rápida, mas também há casos que ocorreram anteriormente que estão sendo reconhecidos e relatados agora", explicou Finn. 

"Acredito que o número verdadeiro de casos por milhão de doses de vacina se tornará claro muito em breve, à medida que estes relatos se estabilizam, mas já está claro que isto continuará sendo um acontecimento muito raro", completou.

O Reino Unido já distribuiu 21,2 milhões de primeiras doses da vacina da AstraZeneca, e todos os relatos de efeitos colaterais vieram após a primeira dose, com exceção de um. 

Fonte: Reuters

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários