Ex-ministro Eduardo Pazuello
reprodução/tv senado
Ex-ministro Eduardo Pazuello

O ex-ministro da saúde Eduardo Pazuello passou mal durante intervalo da sessão da CPI da Covid desta quarta-feira (19). Ele foi atendido pelo senador Otto Alencar que é médico formado pela Universidade Federal da Bahia. Segundo Alencar, Pazuello teve um episódio de síndrome vasovagal

A síndrome envolve a perda transitória da consciência ( desmaio ) provocado pela diminuição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos por ação do nervo vago . "É causado pela demora na chegada de sangue ao coração e ao cérebro. Os primeiros sinais são: fraqueza, transpiração, palidez, calor, náusea, tontura, borramento visual, dor de cabeça ou palpitações", aponta a Biblioteca Virtual de Saúde mantida pelo Ministério da Saúde.

Otto Alencar, disse que no intervalo da sessão, encontrou Pazuello pálido e fez manobras para que o ex-ministro voltasse a ter circulação . Depois de um tempo, o general da ativa teria corado e voltado ao normal. Alencar ainda avaliou que Pazuello poderia continuar a depor, mas  a sessão foi suspensa pelo presidente da Comissão, Omar Aziz, e será retomada nesta quinta-feira (20).

Vasovagal X Vagovagal

Em coletiva de impresa após o depoimento, o senador Randolfe Rodrigues descreveu o mal-estar de Pazuello como uma síndrome " vagovagal ". O relator Renan Calheiros aproveitou para fazer uma piada "E vago não tem nada a ver com as omissões".

Você viu?

Ali ocorreu uma confusão, o que afetou o ex-ministro foi um episódio vasovagal causado por uma alteração no vago , nervo que se estende desde cérebro ao estômago. 

A síndrome

Ainda segundo a Biblioteca do Ministério da Saúde, a síndrome vasovagal não necessariamente significa doença orgânica, embora seja de extrema importância excluir condições como epilepsia, neuropatias autonômicas, doença cerebrovascular e desordens cardíacas ou endócrinas.

A síndrome vasovagal é mais comum nas mulheres e durante a juventude. Outros fatores que podem levar os portadores dessa síndrome a desmaiar são: grandes emoções, sustos e ingestão de bebidas alcoólicas. Já a hidratação ajuda a controlar a pressão arterial, diminuindo as chances de desmaios.

Em geral, as pessoas com síndrome vasovagal vivem bem. No entanto, se não forem tomados os devidos cuidados, aumentam-se os riscos de fraturas decorrentes das quedas por desmaio e a sensação de insegurança, podendo acarretar depressão e tristeza.

Ambientes fechados ou aglomerados, ficar em jejum, horas em pé ou ansioso também são determinantes para desencadear o problema.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários