OMS aprova uso emergencial da vacina Covaxin contra covid-19
Reprodução: iG Minas Gerais
OMS aprova uso emergencial da vacina Covaxin contra covid-19

Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta quarta-feira (03) a aprovação para o uso emergencial de mais uma vacina contra o covid-19: a Covaxin. O imunizante, produzido pela Bharat Biotech, não é utilizado no Programa Nacional de Imunização (PNI).

"O Grupo Técnico Consultivo, convocado pela OMS e composto por especialistas em regulamentação de todo o mundo, determinou que a vacina Covaxin atende aos padrões da OMS para proteção contra a Covid-19. O benefício da vacina supera os riscos e ela pode ser usada", afirma o órgão em comunicado.

A recomendação da OMS é de utilizar o imunizante indiano em adultos acima de 18 anos, com um intervalo de quatro semanas entre as duas doses. A vacina não é recomendada para a aplicação em grávidas.

Mariângela Simão, subdiretora geral da OMS para acesso a medicamentos e produtos de saúde, diz que a "lista de uso emergencial expande a disponibilidade de vacinas, as ferramentas médicas mais eficazes que dispomos para acabar com a pandemia".


Segundo o órgão mundial, a eficácia apresentada pela Covaxin - que utiliza a técnica de vírus inativado - foi de 78% em todos os estágios (de leve a grave). Por ser um imunizante facilmente armazenável, sua distribuição pode ser fundamental em países de baixa ou média renda.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários