Covid-19: Vacinação é suspensa em São Paulo devido as fortes chuvas
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo
Covid-19: Vacinação é suspensa em São Paulo devido as fortes chuvas

A cidade de  São Paulo suspendeu a vacinação contra o novo coronavírus nesta domingo (30) em decorrência das fortes chuvas que atingiram a capital paulista. Segundo a prefeitura, a medida prioriza a segurança dos cidadãos, funcionários e os procedimentos de vacinação nos seis pontos de imunização que funcionariam - em seis parques e duas farmácias situadas na Avenida Paulista.

A duração da pausa será de um dia. Ou seja, a campanha de vacinação voltará à partir da próxima segunda-feira (31) nos megapostos e drive-thrus, das 8h às 17h. Já nas UBSs e AMAs/UBSs Integradas, o horário será das 7h às 19h. Ao público infantojuvenil, de 5 a 11 anos de idade, as 470 UBSs realizarão o atendimento das 8h às 17h.

A suspensão baseia-se nas fortes chuvas que atingiram a capital. Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a previsão é de que o domingo continue chuvoso.

O Corpo de Bombeiros relatou que, durante a madrugada deste domingo (30), seis chamados foram registrados para informar desabamentos ou desmoronamentos em decorrência das chuvas. Outras três ocorrências de alagamentos e 47 ligações para reportar quedas de árvores também foram registradas.


Segundo a Prefeitura, foram aplicadas 26.214.786 imunizantes - até o momento. Destes, 11.138.301 referiam-se a primeira dose (D1). Outras 10.115.720 foram relativas a segunda dose (D2) e 335.330 delas foram doses únicas (DUs). Por fim, 4.625.435 munícipes receberam a dose de reforço.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários