Saiba como a alimentação pode te ajudar a controlar o diabetes
Redação EdiCase
Saiba como a alimentação pode te ajudar a controlar o diabetes

Conheça alguns cuidados importantes para evitar que a doença saia do controle e manter o corpo saudável

O diabético deve modificar a alimentação para que o controle da doença seja mais eficaz. Nesse caso, é muito importante que o paciente seja encaminhado para um nutricionista, para que esse profissional elabore uma dieta apropriada para o controle do problema.

6 alimentos ricos em fibras que melhoram o funcionamento do corpo

Cuidados importantes com a alimentação

Uma medida importante, de acordo com a nutricionista Pollyanna Ayub, é o fracionamento das refeições. O ideal é comer de cinco a seis vezes durante o dia. Além disso, é importante controlar o consumo de carboidratos , proteínas, gordura e principalmente melhorar a qualidade desses macronutrientes.

Como consumir doces corretamente

Uma das maiores dificuldades do diabético costuma ser em relação aos doces, mas não é necessário cortá-los da alimentação. “O consumo de doces não é proibido. Tem que haver uma moderação no consumo e troca do doce tradicional pelo diet, sempre tentando evitar o consumo diário”, alerta Pollyanna Ayub.

6 cuidados fundamentais ao pular corda

O perigo do açúcar para os diabéticos

Pacientes diabéticos não podem comer doces que contenham açúcar , sob o risco de descontrole da doença. “O açúcar refinado é um carboidrato simples, que é rapidamente absorvido e faz com que a glicemia suba rapidamente. Cada pico de glicemia no sangue do paciente lesa, aos poucos, seus órgãos”, complementa a endocrinologista Claudia Liboni.

Importância das substituições

Substituir os doces tradicionais pela versão diet é fundamental para garantir a saúde, sempre se certificando de que não há adição de açúcar. O mais importante é que o diabético controle as quantidades dos alimentos ingeridos ao invés de excluí-los completamente da dieta.

O que comer?

Deise Regina Baptista, professora do Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Paraná e coordenadora do Departamento de Nutrição da SBD – Sociedade Brasileira de Diabetes, sugere que mulheres com diabetes consumam três tipos de carboidrato, pertencente ao grupo do amido, fruta ou leite, nas grandes refeições, como café da manhã, almoço e no jantar; e uma opção de carboidrato nos intervalos, como lanche da manhã, lanche da tarde e na ceia.

Já os homens devem consumir quatro tipos de carboidrato nas grandes refeições e duas opções de carboidrato nos intervalos. “É recomendável, no entanto, a consulta com um nutricionista para fazer a elaboração de um plano alimentar individualizado, ou seja, respeitando as preferências alimentares, faixa etária, hábitos, horários da alimentação, atividade física etc.”, aconselha a profissional.

Confira mais notícias sobre saúde na revista ‘Cuidando da saúde’

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários