undefined
Facebook/ Troys Fund, Keep Fighting/ Reprodução
Inglês Troy McKinley, de 19 anos, estava dormindo na casa da mãe quando acordou em meio a um grave incêndio

O inglês Troy McKinley, de 19 anos, estava dormindo quando sua casa foi tomada por um grave incêndio. O jovem precisou fugir em meio às chamas e teve 90% de seu corpo queimado . No último dia 29, 15 semanas após o acidente que quase tirou sua vida, ele pediu para a irmã compartilhar uma foto sua para provar a todos que ainda tem muito que viver.

LEIA MAIS: Corte mal limpo faz com que bactéria atinja coração de menina

A imagem compartilhada por Abra Wood no Facebook choca, já que Troy ficou completamente queimado. Entretanto, pelo texto que a irmã escreveu em sua rede social é possível perceber que a recuperação do jovem é motivo de alegria e esperança para toda a família.

De acordo com Abra, esta foi a primeira foto tirada de Troy após o incêndio. Hoje, o jovem não precisa ficar mais ligado a aparelhos porque seus órgãos vão, aos poucos, voltando a funcionar normalmente. Ele apenas se alimenta por cateter, mas consegue respirar sem problemas, por exemplo.

Troy também perdeu os dedos das mãos e precisará reaprender a andar, mas já está sendo acompanhado por um fisioterapeuta. “Ele está, realmente, tendo uma recuperação milagrosa. Estou tão orgulhosa dele!”

undefined
Facebook/ Troys Fund, Keep Fighting/ Reprodução
Além de ter se queimado, jovem também perdeu os dedos da mão, mas agora tem 99% de chance de sobreviver

Em menos de quatro dias, a publicação na rede social conseguiu 7,8 mil curtidas, mais de 3,6 mil compartilhamentos e milhares de comentários. “Eu passei pelo mesmo que você (Abra). Minha mãe é sobrevivente de um incêndio. Muitas palavras que você escreveu me atingiram em cheio. Muito amor para o seu corajoso e incrível irmão. E amor para você”, escreveu uma internauta.

LEIA MAIS: Medo de ficar doente acaba levando jovem de 17 anos à morte na Inglaterra

O jovem também quis que sua foto fosse compartilhada em uma forma de agradecer aos médicos e profissionais que o atenderam pelo serviço público de saúde da Inglaterra. Se antes ele tinha menos de 5% de chance de sobreviver, hoje há 99% de chance. “Ele não liga para o que as pessoas pensam, apenas quer mostrar o que os médicos e enfermeiros realmente fizeram.”

A família também criou uma página em um site de financiamento coletivo a fim de conseguir dinheiro para os gastos que tem com a internação de Troy. Após a imagem do jovem queimado ser compartilhada, muitas pessoas entraram em contato com Abra para ajudar na recuperação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários