Tamanho do texto

A capital vai receber mais 200 mil vacinas contra febre amarela; Casimiro de Abreu, onde aconteceram cinco dos seis casos confirmados, volta a imunizar

Apesar de a doença ter sido confirmada em apenas seis pessoas, a população do Estado do Rio de Janeiro entrou em alerta e desde que as vacinas chegaram às cidades, filas nos postos de saúde se formavam todos os dias. Dessa forma, mesmo sem atingir a imunização total, as doses acabaram em alguns municípios, e o estado precisou pedir mais às autoridades da Saúde.

Leia também: Remédios que curam azia podem causar infecções no intestino

Rio de Janeiro volta a vacinar população contra febre amarela com recebimento de novas doses
Alex de Jesus / O Tempo
Rio de Janeiro volta a vacinar população contra febre amarela com recebimento de novas doses

Na capital, até o fim de semana serão entregues mais 200 mil doses de vacina contra a febre amarela . Segundo o prefeito Marcelo Crivella, a garantia foi dada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante reunião na última quarta-feira (29).

Crivela e o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, se reuniram nesta quinta-feira (30) com o presidente Michel Temer. No encontro, eles apresentaram algumas demandas do estado, que ficaram de ser analisadas pelo presidente.

“Conversei com o ministro da Saúde ontem. Ele prometeu, até o fim de semana, mais 200 mil doses [de vacinas contra a febre amarela]. Vamos fazer esse cinturão na cidade. Quero aproveitar para dar uma boa notícia: não há um caso registrado [da doença] na cidade”, disse Crivella ao deixar o encontro com Temer.

Leia também: Salvador libera 400 mil doses de vacina contra febre amarela


Casimiro de Abreu voltou a proteger a população

A vacinação no município de Casimiro de Abreu retomou na quarta-feira, após o envio pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) de mil doses da imunização. Até então, 17% da população do município ainda não tinha recebido a proteção.

De acordo com o secretário de Saúde da cidade, Ibson Júnior, que foi à capital para uma reunião na SES, o órgão se comprometeu a liberar mais 3 mil doses para imunizar os moradores.

O município da Baixada Litorânea do Rio de Janeiro, teve cinco casos confirmados de febre amarela, incluindo uma morte. Como muitos moradores de regiões próximas procuraram a vacina, o volume de doses enviado ao município foi insuficiente. Por questão humanitária, as doses não foram negadas. Ao todo, 44.320 pessoas foram imunizadas na cidade.

A prefeitura orientou os coordenadores de postos de saúde para entrar em contato com as pessoas que deixaram seus nomes na lista de espera para que compareçam à unidade de saúde para receber a dose de proteção contra febre amarela. Após serem chamados, deverão levar cartão do SUS e comprovante de residência.

*Com informações da Agência Brasil

 Leia também: Tecnologia ajuda tetraplégicos a mexerem o braço com a força do pensamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.