Tamanho do texto

A partir dos 30 anos, os exames preventivos se tornam o maior aliado do público masculino na busca por uma velhice mais saudável

Como diz o velho ditado, é melhor prevenir do que remediar. E a partir dos 30 anos, a importância dos exames preventivos para os homens fica ainda maior, principalmente para fugir dos problemas cardiovasculares, os principais responsáveis pelo óbito na população masculina.

Leia também: Veja os oito principais cuidados na contratação do seu cartão de saúde

Homem em consulta com seu médico para exames preventivos arrow-options
shutterstock
Fazer exames preventivos com frequência te ajudará a ficar a salvo de problemas que podem comprometer o seu bem-estar

Os resultados observados em homens que adotam os exames preventivos reforçam essa ideia. César Jardim, cardiologista e responsável pelo Clinic Check-Up do HCor, lembra que "se controlarmos os fatores de risco, reduziremos em 90% o risco do aparecimento do infarto".

Além dos problemas cardíacos, a medicina preventiva também pode ajudar a combater doenças como o câncer de próstata, problemas hormonais e metabólicos e patologias infecciosas.

Mas o combate a esses problemas não acaba dentro do consultório. "Também são feitas orientações nutricionais para reeducação alimentar e para a prática de atividade física, já que algumas medidas preventivas estão relacionadas diretamente aos nossos hábitos", observa o cardiologista do HCor.

E se você é pai, tem um motivo ainda maior que cuidar da própria saúde para investir no cuidado com a saúde : garantir a presença nos momentos mais importantes da vida dos seus filhos.  

Mas nem sempre essas mudanças acontecem da noite para o dia. Às vezes, é preciso de um empurrãozinho dos próprios filhos (e de outros familiares) na direção correta. Por isso, se você está preocupado com a saúde do seu pai, o dia dos pais pode ser uma boa data para começar a ajudá-lo a investir nos check-ups .

Então se você (ou o seu pai) já passou dos 30 anos, vale seguir as dicas do especialista do HCor sobre os cuidados com a saúde que é preciso ter a partir dessa idade, já que a frequência e os tipos dos exames podem variar .

Dicas para evitar problemas no coração a partir dos 30 anos

Entre os 30 e os 40 anos, o básico do básico dos cuidados com a saúde são exames de sangue e eletrocardiogramas. Os hemogramas servem para avaliar as funções renal e hepática, os marcadores tumorais e as taxas de colesterol, triglicérides, glicemia e da tireoide.

Já o eletrocardiograma, de acordo com o site da American Heart Association, a maior e mais antiga organização americana no combate aos problemas cardiovasculares, serve para medir a atividade do coração, observando se os batimentos estão num ritmo normal ou se apresentam alguma anomalia.

Dicas para evitar problemas no coração a partir dos 40 anos

Após os 40 anos, os exames acima são complementados por exames urológicos e de hormônios e pelo exame de saúde da próstata, no caso de pacientes que tenham um histórico do câncer na família.

Dicas para evitar problemas no coração a partir dos 50 anos

Quem estiver acima dos 50 terá de fazer todos os exames de medicina preventiva já citados com frequência, inclusive o exame de próstata a cada ano (ou a cada seis meses, se houver alguma mudança no quadro do paciente).

Leia também: Exercícios, dieta balanceada e exames: saiba o que fazer para prevenir doenças

Aliando estes exames preventivos , que devem ser feitos pelo menos uma vez ao ano, a um estilo de vida saudável com exercícios físicos regulares e alimentação balanceada, você e o seu pai estarão a um passo de uma vida mais longeva.