Tamanho do texto

Ela comeu uma colher de sopa inteira do molho. No dia seguinte, precisou ir ao hospital sentindo dores no peito e falta de ar

Women's Health

Imagine uma cena em que você está comendo seu abacate no café da manhã e, algumas horas depois, está diante de um médico, apresentando sintomas de infarto. Foi uma situação parecida que aconteceu com uma mulher em Israel: após confundir um molho de wasabi com molho de abacate, ela acabou em um pronto-socorro com dores no peito .

wasabi arrow-options
shutterstock/Reprodução
Wasabi foi o responsável pela síndrome do coração partido


Leia mais: Ataque cardíaco grave é igualmente mortal para homens e mulheres

De acordo com o IFL Science, a mulher de quase sessenta anos estava em um casamento quando viu o que pensava ser um molho de abacate na mesa.

Aproximadamente cinco minutos após comer uma colher de sopa do molho de wasabi – considerada uma grande quantidade – e sentir o sabor de wasabi, ela passou a sentir dor e pressão repentina no peito, que irradiava em seus braços. Por mais que o incômodo tenha durado várias horas, ela decidiu continuar no casamento, uma vez que os sintomas foram diminuindo aos poucos.

Leia mais: Infarto em adultos não diminui comportamento de risco

No dia seguinte, contudo, ela se sentiu desconfortável e fraca, e finalmente procurou atendimento médico. Ao chegar no pronto-socorro, os profissionais descartaram o diagnóstico de insuficiência cardíaca. Um eletrocardiograma, contudo mostrou disfunção no ventrículo esquerdo, indicando uma “síndrome do coração partido”.

“A cardiomiopatia de Takotsubo, também conhecida como ‘ síndrome do coração partido ’, é uma disfunção do ventrículo esquerdo que geralmente ocorre em mulheres mais velhas após um estresse emocional ou físico intenso repentino”, explicam os médicos e autores do estudo relatado no BMJ Case Reports 2019 . “Até onde sabemos, este é o primeiro relato de cardiomiopatia por takotsubo desencadeada pelo wasabi ”, completaram. Eles acreditam, inclusive, que esta seja a primeira vez que a condição surge após o consumo de alimentos.

Após ser tratada, a mulher se recuperou bem após ser tratada com inibidores de enzima conversora de angiotensina (ECA) e betabloqueadores. Ela recebeu alta e se recuperou totalmente em um mês.

E o que eu preciso saber sobre essa condição?

Segundo o IFL Science, a  síndrome do coração partido afeta temporariamente a capacidade do coração de bombear sangue pelo sistema de maneira eficiente, causando sintomas semelhantes aos de um ataque cardíaco . O primeiro caso foi documentado há mais de 20 anos por pesquisadores japoneses.

Geralmente, o problema é provocado por estresse físico ou psicológico grave. Ele foi reconhecido pela primeira vez em mulheres que sofreram um evento emocionalmente traumático, como a morte de um cônjuge. Contudo, já foi documentado em pessoas que experimentam todo tipo de trauma emocional.

Seu nome oficial também tem um significado incomum. “O ventrículo esquerdo mostra dilatação global com contração basal, formando o formato do frasco de pescoço estreito usado no Japão para prender polvos (takotsubo)”.

É importante ressaltar que a condição é considerada benigna – embora possam ocorrer complicações como edema pulmonar e arritmias.