HELSINKI — A Finlândia confirmou nesta quarta-feira (29) seu primeiro caso de coronavírus. Com o anúncio do Instituto Finlandês de Saúde e Bem-Estar, sobe para 92 os diagnósticos de coronavírus registrados fora da China continental, e para 16 o número de países afetados pelo surto de pneumonia contagiosa além da China.

Leia também: Secretaria de Saúde descarta suspeita de coronavírus no Paraná

coronavírus
shutterstock
Coronavírus já atingiu três países da Europa

Agora, são três os países da Europa que já confirmaram episódios da doença. O coronavírus matou 133 pessoas e infectou 6079 em todo o mundo.

Nesta quarta-feira, os Emirados Árabes também confirmaram quatro casos de coronavírus. São os primeiros no Oriente Médio.

O paciente diagnosticado na Finlândia foi um viajante chinês que passou por Wuhan, epicentro do surto. O homem permanece isolado no hospital central da Lapônia, no norte da Finlândia. Em nota, o instituto também disse que outras 15 pessoas podem ter sido expostas ao vírus. Elas estão sendo monitoradas.

Leia também: Jovem é internada com suspeita de coronavírus em Minas Gerais

A finlandesa Finnair foi a primeira companhia aérea europeia a cancelar voos para a China continental, depois de suspender suas rotas para o aeroporto de Nanjing e Daxing em Pequim até o final de março. O anúncio foi feito nesta terça-feira.

A Finnair, que vê suas conexões asiáticas como parte indispensável de sua estratégia de negócios, é só uma das companhias aéreas afetadas pelos crescentes temores sobre a propagação do novo vírus.

A companhia aérea British Airways suspendeu nesta quarta-feira todos os voos para a China continental, após a recomendação do governo britânico para que os cidadãos evitem viajar ao país asiático em consequência da epidemia de coronavírus. A American Airlines também cancelou as viagens de Los Angeles para Pequim e Xangai.

    Veja Também

      Mostrar mais