Mais uma vítima suspeita de intoxicação por dietilenoglicol morreu em Belo Horizonte nesta segunda-feira (3). Assim, o número de mortes relacionadas às cervejas da Backer sobre para seis. A identificação do homem não foi divulgada pelas autoridades.

Leia também: Brasil decreta estado de emergência pelo coronavírus

cerveja belorizontina
undefined
Sobe para seis o número de mortes ligadas às cervejas da Backer

Não houve atualização no número de suspeitos, que, até o momento, são 30. Desses, 26 são do sexo masculino e quatro do sexo feminino. Quatro casos foram confirmados e os outros 26 continuam sob investigação, pois apresentam sinais e sintomas compatíveis com o quadro de intoxicação por dietilenoglicol e com relato de exposição.

Leia tambem: Cai para 14 o número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

A intoxicação por dietilenoglicol gerou nas vítimas problemas renais, chegando até a insuficiência completa, e ainda alterações neurológicas, como cegueira parcial e completa.

As informações são do boletim da Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), divulgado no fim da tarde desta segunda.

    Veja Também

      Mostrar mais