Coronavírus
shutterstock
Donald Trump confirma coletiva de imprensa para este sábado (29), onde novos detalhes serão apresentados

Poucas horas após o Equador confirmar seu primeiro caso de coronavírus COVID-19 - o quinto na América Latina - o Governo dos Estados Unidos registra a primeira morte, em Washington. De acordo com as autoridades de saúde do país, a paciente havia sido diagnosticado com o vírus na última sexta-feira (28). 

LEIA MAIS: Equador registra quinto caso de coronavírus na América Latina

O presidente Donald Trump pediu calma à população, e informou que a paciente que veio a óbito estava em um "grupo de risco", com doenças respiratórias e idade na faixa dos 60 anos. Atualmente, os EUA registram 60 casos da doença. 

Apesar de ser a primeira morte pelo coronavírus confirmada em solo estadunidense, não se trata do primeiro americano infectado a morrer pela doença. No começo de fevereiro, um homem de 60 anos residente de Wuhan , epicentro da doença, faleceu na China .

LEIA MAIS: Maranhão monitora dois casos de suspeita de coronavírus

Neste momento, mais de 85 mil casos foram registrados em todo o mundo, com 2,9 mil mortes - em sua maior parte, na China continental.

    Veja Também

      Mostrar mais