Em declaração nesta segunda-feira (16), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que Jovens e crianças morreram devido a  pandemia do Covid-19.

Leia também: Saúde atualiza para 200 os casos de infectados por coronavírus no país

foto de Tedros Adhanom Ghebreyesus
Russell Watkins/Department for International Development
Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, afirmou que crianças morreram depois de contraírem a doença.

"Esta é uma doença séria. Embora a evidência que temos sugere que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram" disse o diretor-geral. Até hoje, a OMS não havia divulgado nenhuma morte de crianças provocada pelo Covid-19 .

Já a diretora técnica da OMS, Maria van Kerkhove, ressaltou que os relatórios não apontam escolas como ponto de transmissão da doença. ''Vimos crianças morrerem dessa infecção" Também disse a diretora, sem detalhar o número de mortes.

Antes da declaração, a Organização Mundial da Saúde vinha ressaltando que o grupo de risco da doença era formado por idosos e pessoas com doenças pré-existentes, como diabetes e hipertensão .

Leia também: Nem máscaras nem remédios! lavar as mãos é melhor defesa contra o coronavírus

Tedros ainda ressalta a importância de testar todos os casos suspeitos. "Não se consegue combater um incêndio com os olhos vendados, você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado" Disse o diretor-geral.

No Brasil, ainda não há registro de crianças que contraíram a doença. Até esta segunda-feira, o Ministério da Saúde confirmou 200 casos da doença , enquantou outros 1.907 casos são considerados suspeitos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários