O novo coronavírus (Sars-coV-2) pode invadir o sistema nervoso central e provocar encefalites e mielites. Segundo o professor do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Octávio Marques Pontes Neto, esse processo já foi documentado em estudos com modelos animais e parece ocorrer por meio de nervos como o trigêmeo e o nervo olfatório.

Leia também: 20 dos 27 estados suspendem impostos durante pandemia de Covid-19

Ilustração do vírus.
Reprodução/Flickr/Prachatai
Ilustração do vírus.

"Estudos mostram que esse tipo que o novo coronavírus pode invadir e migrar pelo neurônio e pode induzir a uma confusão no sistema imunológico", explicou ele, que acrescentou. "Há casos de mieloencefalite necrotizante hemorrágica no cérebro entre os infectados pelo Covid-19 . A gente ainda não sabe exatamente é se o vírus age diretamente, se a presença dele é gatilho para doenças imunes ou uma coincidência com outras doenças".

Leia também: Vacina experimental da Covid-19 poderá ficar pronta em semanas

De acordo com o médico, está ficando cada vez mais claro que o quadro da enfermidade não ataca só o sistema respiratório, provocando a falta de ar. "Já há estudos que mostram que nos casos mais graves há até 5% de AVCs e outras tipos de enfartes", dissertou.

Leia também: Covid-19: Mortes no Brasil chegam a 2,7 mil; casos confirmados são 43 mil

"A anosmia, que é a perda do cheiro e do gosto, é um dos sintomas mais comuns da Covid-19 e decorre da infecção do nervo olfatório ”, finaliza Pontes Neto. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários