ibuprofeno
Pixabay/Creative Commons
Cientistas consideram o uso do ibuprofeno para tratar Covid-19

Em Londres, um grupo de cientistas iniciou uma série de testes para descobrir se o ibuprofeno - antiinflamatório inicialmente desaconselhado pela Organização Mundial de Saúde em casos de Covid-19 - surte efeitos positivos em casos graves da doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). A expectativa é que o medicamento possa ser usado contra problemas respiratórios.

Caso os resultados sejam positivos, a notícia representa um avanço no tratamento da doença considerando, principalmente, o fato de o ibuprofeno ser comercializado em todo o mundo a um preço mais baixo do que muitas outras opções de tratamento. Até agora, estudos em animais mostraram resultados otimistas.

Leia mais: Após pesquisa bem-sucedida, Coreia do Sul usará Remdesivir contra Covid-19

A pesquisa estuda a relação entre o medicamento a síndrome inflamatória que pode acompanhar a infecção por Covid-19 e contribuir para a rápida piora dos pacientes. Os testes, porém, ainda não foram feitos em seres humanos. 

O grupo que coordena os estudos é liderado pela NHS Fundation e Kings College of London, mesmos profissionais que provaram, há alguns meses, que o antiinflamatório não causa efeitos adversos em pacientes com a nova doença.

    Veja Também

      Mostrar mais