Antidiabético pode reduzir mortalidade por Covid-19 em mulheres, observou estudo realizado pela Universidade de Minnesota
Pixabay
Antidiabético pode reduzir mortalidade por Covid-19 em mulheres, observou estudo realizado pela Universidade de Minnesota

Um estudo realizado pela Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, aponta que o uso do antidiabético Metformina pode reduzir as mortes por Covid-19 em mulheres em estado grave.

Os resultados da pesquisa concluíram que a diabetes e a obesidade são fatores agravantes para pacientes com o novo coronavírus (Sars-Cov-2). Pessoa que já faziam uso do remédio, porém, tiveram maior êxito na recuperação: a metformina reduziu de 21% a 24% o risco de morte por Covid-19 em mulheres.

O estudo observou 6 mil pacientes com obesidade e diabéticos. Destes, 2 mil faziam uso da metforina, um antidiabético oral, um dos mais usados no tratamento da diabetes tipo 2. A conclusão da pesquisa ainda vai ser revisada por pares antes de ser publicada. Segundo a equipe de pesquisadores, ainda será necessário realizar testes clínicos.

De acordo com Christopher Tignanelli, médico e autor do estudo, o resultado obtido foi "surpreendente". Christopher afirmou que quatro estudos menores já haviam observado evidências de que o remédio seria eficaz no tratamento destes pacientes.

"Se pudermos entender a diferença do vírus entre homens e mulheres e o que realmente impulsionou esse resultado, isso nos apresenta uma linha de tratamento que podemos realmente seguir", disse.

Uma análise dos primeiros 2.428 pacientes hospitalizados com covid-19 em Minnesota apontou que 40% deles tinham diabetes e outras doenças metabólicas.

Hipertensão e obesidade também foram observadas em boa parte dos pacientes que foram internados para tratar infecção respiratória causada pelo Sars-Cov-2.


    Veja Também

      Mostrar mais