Médicos
Rovena Rosa/Agência Brasil
Total de casos demorou apenas cinco dias para passar de 12 milhões para 13 milhões

Nesta segunda-feira (13), a  pandemia da Covid-19 atingiu nova marca recorde: agora, são mais de 13 milhões de casos confirmados da doença em todo o planeta.

Segundo informações do site Worldometers, o total de infecções confirmadas é de 13.081.812 e ocorre apenas cinco dia após a marca de 12 milhões ter sido atingida, o que mostra o rápido avanço da doença. Além disso, já são 572.544 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Os EUA seguem sendo o país mais atingido. Desde a reabertura da economia, após meses de isolamento social, os norte-americanos veem os números da doença crescerem vertiginosamente, renovando o recorde de novos casos dia após dia .

O Brasil , que vem logo atrás na lista, somou neste domingo um total de 72,1 mil mortes e 1,86 milhão de casos confirmados da doença . Entretanto, o país enfrenta um grande problema de subnotificação, tendo realizado até o momento pouco mais de 4,5 milhões de testes, bem abaixo de EUA (42,4 milhões), Índia (11,8 milhões) e Rússia (23,2 milhões).

Na sequência, aparecem a Índia, que roubou o terceiro lugar no início deste mês e já soma quase 889 mil casos, com uma média de 23 mil diários, 23.333 mortes, seguida da Rússia , que  já atualizou em duas oportunidades o número de mortes divulgadas e tem, até o momento, 733 mil casos e 11,4 mil mortes.

Atual epicentro da Covid-19 , a América Latina tem acompanhado também o aumento dos números em países como Peru, Chile e México. Este último se aproxima da contagem de 300 mil infectados e já ultrapassou a marca de 35 mil mortes, número maior do que os registrados por China, Itália e Espanha.

    Veja Também

      Mostrar mais