covid
Reprodução
Estudo conduzido no Rio Grande do Sul era um dos maiores sobre a pandemia no país

O Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas ( UFPel ) informou que o Ministério da Saúde não irá renovar o financiamento da Epicovid. O estudo, coordenado pela universidade, analisa a prevalência do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na população brasileira.

A pesquisa foi realizada em três fases e trouxe dados importantes para o enfrentamento da pandemia no país, entrevistando quase 90 mil pessoas de diferentes municípios. De acordo com a universidade, o contrato inicial previa a fases concluídas no início deste mês.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que "dará continuidade a estudos de inquérito apidemiológico de prevalência de soropositividade na população", mas não está definido se o financiamento será dedicado à continuação do Epicovid ou para outra instituição.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários