Covid-19
shutterstock
Cientistas apontam imunização cruzada ao novo coronavírus

Um estudo publicado ontem (29) pela revista Nature, uma das mais importantes da área, sugere que algumas pessoas podem estar protegidas contra a Covid-19 mesmo sem nunca terem sido infectadas ou vacinadas contra a doença. De acordo com a pesquisa, a resposta pode estar na formação de células T reativas ao novo coronavírus (Sars-CoV-2).

As células, que estão relacionadas ao mecanismo de defesa contra a doença e têm como principal função a identificação e eliminação de patógenos, estavam presentes de maneira reativa em pelo menos 35% dos 68 voluntários que participaram da pesquisa. Todos os voluntários eram saudáveis e não estiveram expostos ao novo vírus.

O artigo foi publicado de maneira antecipada na internet devido à sua importância. Os cientistas que assinam o estudo acreditam que a justificativa para a imunidade pode estar na chamada "imunização cruzada", que ocorre quando as células desenvolvem um memória para o vírus a partir de infecções anteriores.

    Veja Também

      Mostrar mais