vacina
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Vacina da Pfizer e BioNTech estão na última fase de testes

O Japão adquiriu, nesta sexta-feira (31), 120 milhões de doses da vacina experimental contra a Covid-19  produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer e a empresa de biotecnológia BioNTech.

Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados, mas as empresas disseram que os termos se basearam no volume das doses e no cronograma de entrega, de acordo com a Reuters.

Um acordo semelhante já havia sido assinado pelas empresas com o Estados Unidos, para a reserva de 100 milhões de doses por quase 2 bilhões de dólares, o equivalente a um preço de 39 dólares pelo que provavelmente será um tratamento de duas doses.

A vacina está em fase avançada de testes. Segundo artigo publicado na segunda-feira (20), a substância é segura e capaz de induzir resposta imunológica, embora os resultados ainda tenham que ser validados por outros pesquisadores antes de serem publicados em uma revista científica.

Caso haja sucesso clínico das vacinas, a Pfizer e a BioNtech disseram que estão se preparando para pedir uma análise regulatória da vacina já em outubro.

De acordo com o balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos nove países que desenvolvem uma vacina para o Sars-Cov-2 já testam em humanos. Apenas Reino Unido, China e os Estados Unidos, porém, chegaram à terceira e última etapa de testes.

    Veja Também

      Mostrar mais