vacina
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Vacina poderá ser aplicada em pessoas de até 69 anos


A segunda dose da vacina de Oxford poderá ser aplicada em voluntários. A aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) saiu nesta segunda-feira (10). Esta segunda dose serve como uma reforço da  imunização da primeira dose.



A autorização foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU), em que consta a informação de que a segunda dose deve ser aplicada de 4 a 6 semanas após o recebimento da primeira.

A oscilação deste prazo pode se dar devido à comunicação com o voluntário, para que seja possível mobilização para o recebimento da segunda dose da vacina.

Quem não recebeu a primeira dose deve cumprir um intervalo de 4 semanas para seguir à segunda.

Além disso, o texto aprova também que pessoas de até 69 recebam as doses da vacina de Oxford. Antes, o teto da idade era de 55. Isso é visto com um bom sinal, já que a população mais velha não sofreu de efeitos adversos severos e poderá avançar para outro grupo, considerado de maior risco ainda.

    Veja Também

      Mostrar mais