vacina
Tomaz Silva/Agência Brasil
Nova vacina de farmacêutica dos EUA teve doações de Bill Gates


Uma nova vacina candidata à imunização da  Covid-19 será estudada na África do Sul, atualmente quinto país mais afetado pela pandemia no mundo. A vacina, desenvolvida pela Novavax, dos Estados Unidos, deve ser aplicada em quase 3 mil adultos.



O país tem visto aumento no número de casos por conta da chegada do inverno à região, explicou à Reuters Gregory Glenn, chefe das pesquisas da vacina na África do Sul. Glenn espera que, com o ensaio, seja possível coletar dados para compreender a eficiência da candidata.

A NVX-CoV2372 será testada em 2.665 pessoas adultas saudáveis para que a segurança da vacina seja verificada. Além disso, 240 adultos portadores de HIV com quadro neutralizado serão testados para comprovação de eficácia.

A farmacêutica também quer estudar a vacina nos Estados Unidos e na Austrália. A previsão é de que, com estes testes, seja possível conseguir aprovação da vacina em dezembro deste ano.

Para o experimento, US$ 15 milhões foram doados pela Fundação Bill e Melinda Gates, segundo a própria Novavax . O governo dos Estados Unidos também financiou US$ 1,6 bilhão para a empresa, cobrindo gastos de testes e fabricação.

De acordo com a agência Reuters, o governo também espera que 100 milhões de doses da vacina sejam entregues em janeiro ao país.

    Veja Também

      Mostrar mais