Maria Van KerkhovE em painel da OMS
Christopher Black/OMS
Poucas pessoas têm anticorpos para conseguir gerar a chamada imunidade de rebanho contra Covid-19


Nesta terça-feira (18), a líder técnica do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove, informou em coletiva que, no mundo todo, menos de 10% da população possui anticorpos contra o novo coronavírus , causador da Covid-19 .


Segundo Maria, o número pode variar entre 20% a 25% dependendo de qual grupo foi estudado (como idosos, profissionais da saúde ou pessoas com comorbidades, por exemplo). Mas 90% da população continua vulnerável ao vírus.

"Não quero generalizar demais, mas o que sabemos dos resultados disponíveis até agora é que menos de 10% da população mostra ter anticorpos para o Sars-CoV-2", afirmou. "Isso significa que uma grande parte da população permanece suscetível", acrescentou.

De acordo com Michael Ryan, diretor de emergências da OMS, a chamada  imunidade de rebanho é algo que está longe de acontecer.

"Nós não sabemos onde está o nível de imunidade na população que, por si mesma, suprime a transmissão do vírus. Mas não há dúvidas, na minha cabeça, que estamos a um longo caminho disso", disse o diretor.

"Há um longo caminho para isso e vamos continuar longe disso sem uma vacina", completou

O termo imunidade de rebanho  é utilizado quando se consegue uma determinada porcentagem de imunização na população que é capaz de fazer com que a doença pare de circular. Isso significa que nem todas as pessoas precisam ter sido vacinadas para que a imunização ocorra.

No entanto, essas porcentagens podem ser altas, como no caso do sarampo, que é de 95% da população. Com a Covid-19, esse caso pode acontecer entre as porcentagens de 60% a 80%. "Isso não é a salvação e nem deve ser a solução", lembrou o diretor.

Ryan ainda fez apelo para que as pessoas entendam a gravidade do novo coronavírus e sigam respeitando as recomendações de saúde. "Como planeta, como uma população global, não estamos nem perto dos níveis de imunidade capaz de parar essa doença."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários