Roma Itália
Wikimedia Commons
Crescimento no número de contágios diários de Covid-19 se deu principalmente em Lazio, Lombardia e Vêneto


O Ministério da Saúde da Itália informou neste sábado (22) que o país continua registrando alta no número de novos casos diários de Covid-19 , com 1.071 infecções nas últimas 24 horas. A quantidade é a maior desde 12 de maio, quando 1.402 pessoas foram diagnosticadas com o coronavírus em um dia.


Na ocasião, a Itália estava praticamente no fim do lockdown e já havia retomado as atividades. Ao todo, existem 258.136 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no território italiano desde o início da pandemia .

O crescimento no número de contágios diários se deu principalmente em decorrência dos dados das regiões do Lazio (+215), Lombardia (+185) e Vêneto (+160).

O país europeu ainda sofreu alta no número de casos ativos - que descartam as curas e os falecimentos: são 17.503, sendo que 825 entraram na contagem no último dia. No total, 205.203 pessoas já se recuperaram da doença, um acréscimo de 243 entre ontem e hoje.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, a Itália contabilizou mais três mortes, seis a menos do que a última sexta-feira (21). O novo balanço é revelado no dia em que o Instituto Superior de Saúde (ISS) divulgou o boletim semanal sobre a evolução da pandemia no país.

No estudo, os pesquisadores informam que o índice de contágio Rt "pode subestimar ligeiramente a transmissão real do vírus a nível nacional" tendo em vista que foi calculado o seu valor atual, igual a 0,83, para o período entre 30 de julho e 12 de agosto de 2020 apenas em casos sintomáticos.

Desta forma, é preciso interpretar o Rt nacional levando em consideração também o valor da incidência.

    Veja Também

      Mostrar mais