Médico Guido Céspedes
Divulgação
Médico Guido Céspedes defendia uso da cloroquina e da ivermectina

O médico Guido Céspedes, conhecido por criar o "Kit Covid-19" contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2), morreu pela doença aos 46 anos na cidade de Sinop, no Mato Grosso, que fica a 479 km da capital Cuiabá. Ele estava internado há mais de um mês na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sinop.

Entre os itens que o profissional de saúde defendia para o tratamento da Covid-19 estavama medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina, zinco, ivermectina, AAs e ibuprofeno.

O quadro clínico de Céspedes piorou na última quarta-feira (2), sendo agravado por algumas comorbidades que ele tinha, como o histórico que ele tinha de diabetes, sobrepeso e pressão alta. Ele era um dos profissionais de saúde que mais atuavam na linha de frente do combate ao novo coronavírus.

Em nota nas redes sociais, a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, lamentou a morte do médico.

"Depois de alguns meses de luta, o médico Guido Céspedes veio a falecer esta tarde. Um servidor dedicado, corajoso que fez muito por todos nós. Na linha de frente, assinou o protocolo do Kit Covid e deu o seu melhor ao nosso município. Neste momento de dor, me solidarizo com a família e deixo aqui um abraço apertado", escreveu a prefeita.

    Veja Também

      Mostrar mais