testes
Reprodução/Vektor
Testes da vacina de Oxford retornam hoje no Brasil

Os ensaios clínicos da possível vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, serão reiniciados no Brasil. Os testes foram interrompidos em todo o mundo após uma reação adversa registrada na semana passada .

O retorno dos estudos no país foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no sábado (12) e confirmada oficialmente pela AstraZeneca pouco tempo depois.

"No dia 6 de setembro, o processo de revisão padrão desencadeou uma pausa voluntária na vacinação em todos os testes globais para permitir a revisão dos dados de segurança por comitês independentes e reguladores internacionais", disse a AstraZeneca.

Os testes também foram retomados no Reino Unido , local onde uma das voluntárias para a vacina apresentou sintomas adversos. Ainda segundo a farmacêutica, os eventos adversos continuarão sob observação e, caso qualquer situação grave ocorra, outra interrupção pode acontecer.

Atualmente a pesquisa envolve 5 mil voluntários no Brasil. Até o momento, 4.600 pessoas já foram recrutadas e vacinas sem qualquer registro de problemas causados pelo medicamento preventivo.

    Veja Também

      Mostrar mais