covid-19
Pixabay
Estudo sugere que transmissão vertical da Covid-19 não ocorre

Um novo estudo, publicado pela revista Human Reproduction, da Oxford Academic, sugere que o novo coronavírus (Sars-CoV-2) não consegue penetrar nos óvulos, o que eliminaria, por exemplo, a possibilidade transmissão de mãe para filho.

A pesquisa busca resolver uma questão importante sobre a transmissão da Covid-19, ainda sem resposta conclusiva desde o início da pandemia. O estudo observou duas mulheres que testaram positivo para a Covid-19 no mesmo dia em que fariam coleta dos oócitos, com a intenção de doar os óvulos.

O exame nas doadoras foi feito no dia da doação, por decisão da equipe médica. De acordo com a publicação, as análises foram conduzidas pelos próprios médicos do Grupo Eugin, na Espanha, que buscaram se certificar de que não havia RNA do vírus nos óvulos.

Além do estudo, outras publicações científicas já apontam que a maioria dos bebês que nascem de mulheres com Covid-19 não está infectada. Apesar disso, a ciência ainda não considera eliminada a possibilidade de transmissão vertical.

    Veja Também

      Mostrar mais