sonhos
Getty Images
Insônia, sonhos perturbadores ou pesadelos se tornaram mais comuns na pandemia

Você sente o sono mais agitado, com maior frequência de sonhos ruins, desde que a pandemia começou? De acordo com um estudo publicado na revista Frontiers in Psychology, o problema é compartilhado por grande parte da população.

A pesquisa foi realizada com 800 pessoas e utilizou o agrupamento de palavras para subdividir os sonhos por temas. Segundo os cientistas finlandeses que lideraram o estudo, mais da metade da ocorrências de pesados está relacionada à Covid-19.

Os cientistas descrevem o fenômeno como uma espécie de "inconsciente coletivo" que provém de uma adaptação psicológica ao momento atual. “Ficamos muito impressionados de observar conteúdos e associações nos sonhos ruins de cada um dos participantes do estudo, o que reflete o ambiente apocalíptico do lockdown imposto pela Covid-19”, afirmou ao periódico a principal autora do estudo, Anu-Katriina Pesonen.

    Veja Também

      Mostrar mais