Cérebro
shutterstock/Reprodução
cérebro

Um estudo realizado por mais de 70 pesquisadores brasileiros avaliou a ação da Covid-19 no cérebro de pacientes. Segundo a publicação, divulgada em pré-print na plataforma medRvix, a doença pode provocar morte de neurônios em pacientes graves, moderados ou leves.

Além disso, o estudo destaca que o vírus promove atrofias em áreas cerebrais relacionadas à ansiedade, um dos sintomas mais frequentes entre os voluntários. Há ainda a suspeita de que o vírus possa ativar doenças genéticas como Parkinson e Alzheimer.

A pesquisada da Unicamp, Clarissa Lin Yasuda, afirmou ao portal G1 que a prioridade do grupo, agora, é identificar a possível duração dessas lesões - que podem ser passageiras ou não. "Nós encontramos muitos pacientes que, mesmo já tendo se curado da Covid-19 há cerca de dois meses, continuavam apresentando sintomas neurológicos", disse.

    Veja Também

      Mostrar mais