vacina
shutterstock
Bill Gates comenta sobre vacina para rede de televisão estadunidense


Em entrevista concedida para a rede norte-americana de televisão NBC, Bill Gates afirmou que uma vacina contra Covid-19 não será suficiente para que o mundo possa voltar à normalidade. Segundo o magnata, a única maneira de voltar ao normal é tendo “uma  vacina supereficaz que possa ser aplicada em muitas pessoas”.


De acordo com Gates, somete quando essa primeira geração de vacinas surgirem será possível oferecer soluções aos problemas secundários gerados pela pandemia, como na educação e na área da saúde mental, por exemplo.

Questionado sobre se existe alguma forma de tratamento promissor contra a Covid-19 , Gates citou o coquetel de anticorpos da Regeneron , que foi usado no tratamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump . O magnata afirma que se a droga foi combinada com o coquetel da farmacêutica Eli Lilly, “a taxa de mortalidade poderia ser bastante reduzida”.

No entanto, mesmo que o medicamento tenha dado certo para Trump, Gates afirma que é preciso que a FDA tenha a palavra final sobre a aprovação ou não do medicamento para a população em geral. Ele pontua que é preciso agir rapidamente para que o tratamento ideal esteja disponível nos próximos meses. “Temos pouco tempo para salvar vidas”, afirmou.

O dono da Microsoft afirmou também que espera que a população se sinta mais confiante diante da vacina depois que 20% a 30% das pessoas sejam vacinadas. “Assim, as pessoas verão que tudo está bem e que, ao tomar a vacina, elas protegerão outras pessoas e a si mesmas ao mesmo tempo”, afirmou Gates.

Em relação às notícias falsas espalhadas sobre a vacina nas redes sociais , o magnata disse que é preciso “fazer algo” para lutar contra as teorias da conspiração. “Tenho esperança que podemos conseguir soluções capazes de minimizar essas crenças falsas que pioram a situação da pandemia.”

    Leia tudo sobre: donald trump

    Veja Também

      Mostrar mais