vacina
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Opas reforça que nenhum imunizante ainda é recomendado

O diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Marcos Espinal, reforçou que, no momento, não há qualquer imunizante recomendado pela organização.

A declaração foi feita em resposta ao anúncio do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, que cancelou o acordo para aquisição de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac na manhã desta quarta-feira (21), sob o argumento de que o imunizante ainda não possui segurança e eficácia confirmadas.

Ainda segundo Espinal - que participou de entrevista coletiva esta manhã - a Opas não interfere em "questõs internas dos países" e que deve apoiar uma vacina considerada segura após todos os processos de testagem. A diretora da Opas, Carissa Etiene, também pontuou que a desinformação é "ameaça na região".

    Veja Também

      Mostrar mais