UTI
Getty Images
Pressão no sistema de saúde do Amazonas já preocupa profissionais

Após meses de baixa, o estado do Amazonas volta a registrar um aumento preocupante no número de casos e mortes da Covid-19, além de pressão no sistema de saúde que, atualmente, conta com apenas um hospital de referência para tratamento da doença - com 94% dos leitos de UTI ocupados.

De acordo com dados da secretaria estadual de Saúde, o estado contabilizou 8.227 casos apenas nos 21 primeiros dias de outubro. A média está abaixo apenas dos registros do mês de maio, considerado o pico da pandemia na região. Muitos cientistas já consideram uma segunda onda da pandemia no estado.

Em nota, a secretaria estadual de saúde afirmou que "se houver necessidade, pretende abrir mais vagas de UTI em outras cidades no estado". Atualmente, a capital Manaus lidera o número de casos e mortes no Amazonas.

    Veja Também

      Mostrar mais