Transferência
Divulgação
Transferência de pacientes para outros países já foi necessária na primeira onda da doença

Diante da pressão causada pela segunda onda da Covid-19 no sistema de saúde da França, o país já avalia transferir pacientes para tratar a infecção na Alemanha. Além disso, as autoridades também consideram a ideia de transferir casos fonrimados de Hauts-de-France, região mais afetada, para outras áreas do país.

As estratégias visam os próximos 10 dias, quando as projeções apontam um ponto de saturação nas Unidades de Terapia Intensiiva (UTI). Alguns pacientes, porém, já foram transferidos para outros hospitais privados fora do país.

Durante o primeiro pico da doença, a França enviou dezenas de pacientes para a Alemanha, assim como para a Austria, Luxemburgo e Suíça. O país já registrou mais de 37,4 mil mortes desde o início da pandemia.

    Veja Também

      Mostrar mais