Bolsonaro
Reprodução
Bolsonaro pode ter voltado a considerar CoronaVac

O presidente Jair Bolsonaro, que há duas semanas posicionou-se contra a possibilidade de distribuir aos brasileiros a vacina CoronaVac, produzida pela chinesa Sinovac, pode ter mudado de opinião. De acordo com a colunista Bela Megale, do Globo, o presidente já assume a possibilidade comprar o imunizante caso ele seja o primeiro a ser autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

De acordo com ministros e auxiliares do presidente, Bolsonao já afirma, desde a semana passada, que o Ministério da Saúde poderá adquirir a vacina. Integrantes do governo próximos ao presidente, como o vice Hamilton Mourão, já fizeram declarações públicas a favor da vacina .

O presidente ainda não fez nenhuma declaração sobre o assunto. Em entrevista há rádio Jovem Pan, há duas semanas, Bolsonaro chegou a afirmar que não tomaria a vacina caso fosse o imunizante produzido na China. O prosicionamento, porém, foi duramente criticado por profissionais de saúde e pela população.

    Veja Também

      Mostrar mais