Bandeira da Rússia
Pixabay/Michel van der Vegt
Bandeira da Rússia

A capital da Rússia, Moscou , lançou nesta sexta um serviço online para que moradores da cidade possam agendar a vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), que iniciará no próximo sábado (5).

A Sputnik V , vacina desenvolvida no país, apresentou 92% de eficácia em ensaios preliminares. Contudo, segundo a agência de notícia Reuters, funcionários públicos foram pressionados por superiores a participarem dos testes, inclusive tendo que rectrutar mais pessoas.

No início da vacinação, serão atendidos grupos epecíficos . Assistentes sociais, médicos e profesores que tenham entre 18 e 60 anos, terão prioridade, e a injeção será gratuita.

"Para outros residentes de Moscou, a vacinação gratuita estará disponível no futuro", afirma o site. Segundo a vice-prefeita da cidade, Anastasia Rakova, 200 mil moradores da capital receberam a dose da Sputnik, e apenas 273 pessoas apresentaram alguma reação.

A Rússia é o 4º país com maior número de casos totais da Covid-19. Mais de 2 milhões e 400 mil russos já foram contaminados, e 42 mil pessoas vieram à óbito. Vivendo a segunda onda da doença, o país aposta em bloqueios e limites regionais para evitar a dispersão do vírus.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários