Pacientes com Covid-19 em leito de hospital
Agência Brasil
Neste fim de ano, todo o estado de São Paulo voltou para a fase vermelha

O estado de São Paulo vai voltar a recrutar e fazer o remanejamento de profissionais da Saúde para combater o aumento de casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo .

A decisão ocorre em meio a uma escalada da Covid-19 , o que tem se chamado de uma segunda onda da doença. O remanejamento já deve começar na próxima semana, com a transferência de funcionários já haviam sido convocados para auxiliar no combate à pandemia.

"Não temos só Covid, mas infartos e outras doenças. As pessoas estão saindo mais e, com isso, se acidentando. Existe disputa nas UTIs entre Covid e não-Covid", disse o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn.

De acordo com os últimos dados divulgados pela pasta, divulgados neste sábado (2), desde o início da pandemia o estado de São Paulo tem 46.808 óbitos registrados pela Covid-19. Os casos confirmados de contaminações registrados até agora são 1.467.953.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários