coronavac doria
Governo de São Paulo
Vacina Coronavac

O secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn,  afirmou, na manhã desta segunda-feira (11), que os dados da eficácia global dos testes da CoronaVac realizados no Brasil serão apresentados em coletiva de imprensa, no Instituto Butantan, nesta terça-feira (12). A informação foi dada pelo secretário em entrevista à GloboNews.

"Esses dados que nós chamamos de eficácia global estão em posse do Butantan e da agência reguladora, a Anvisa, e dessa maneira saberemos todos amanhã essa informação que é de fundamental importância para que nós possamos inseri-la inclusive nas próprias campanhas (de vacinação)", disse o secretário.

Na última semana, o governo paulista disse que a vacina atingiu  78% de eficácia em casos leves e 100% para casos graves e moderados, ou seja, a vacina protegeu contra mortes e complicações mais severas da doença.

Porém, os dados sobre a eficácia global da Coronavac, que aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos, sejam eles leves, moderados ou graves, ainda não foi divulgada.  Na Indonésia, dados preliminares de testes de fase 3 no país mostraram uma eficácia de 65,3% para a vacina.

No último sábado (9), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que o Instituto Butantan entregou documentação incompleta dos testes feitos no país e cobrou o envio das informações.

A CoronaVac é uma vacina contra a Covid-19 que usa vírus inativados. Ela é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, que é vinculado ao governo de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários