Anvisa tem dois resultados de pedidos de uso emergencial para serem divulgados: vacina de Oxford e CoronaVac
Patrick T. Fallon/Divulgação
Anvisa tem dois resultados de pedidos de uso emergencial para serem divulgados: vacina de Oxford e CoronaVac

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) enviou nesta sexta-feira (15) os últimos documentos para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analise o pedido de uso emergencial da vacina de Oxford , desenvolvida em parceria com a biofarmacêutica AstraZeneca . O prazo final para o órgão se pronunciar é até domingo (17).

No painel da Anvisa, no site da agência, consta que resta pouco mais da metade da documentação a ser analisada.

Em nota, a Fiocruz afirma que "tem mantido seu corpo técnico à disposição para eventuais esclarecimentos que ainda se façam necessários durante a análise da Anvisa".

A fundação afirmou ainda que esteve em contato com a AstraZeneca e o Instituto Serum, produtor na Índia, para responder aos esclarecimentos solicitados e finalizou, na manhã desta sexta, o envio dos respectivos documentos pendentes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários