anvisa
Marcelo Camargo / Agência Brasil
Anvisa recebe mil denúncias de falsos remédios contra Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já recebeu 1.009 denúncias relacionadas a produtos e remédios que prometem a prevenção e o tratamento contra a Covid-19, apesar de ainda não haver nenhum estudo científico que comprove a ação efetiva de algum medicamento ou tratamento específico.

Cerca de 10% do número das denúncias se refere a casos como de suplementos alimentares que garantem o fortalecimento da imunidade. Inclusive, são produtos de fácil acesso ao público.

A Anvisa afirma que em caso de suplementos alimentares, não é necessária liberação da agência para que o produto seja disponibilizado nas prateleiras. Muitas empresas usam uma estratégia de marketing para induzir o público a pensar que o produto ajuda na cura ou prevenção direta para a doença.

Você viu?

As denúncias recebidas pela Anvisa também são referentes a chás, produtos de limpeza e até amaciantes que prometem eliminar o vírus.

Durante a reunião que aprovou o uso emergencial no das vacinas CoronaVac e Oxford/AstraZeneca no Brasil, a diretora da órgão, Meiruze Freitas, afirmou que “não há alternativa terapêutica” no combate à Covid-19.

Este foi um dos critérios da área técnica da Anvisa para recomendar a autorização dos imunizantes em caráter de urgência, já que não existe nenhuma outra alternativa como tratamento a não ser um imunizante comprovado cientificamente.

A Covid-19 que já  matou mais de 210 mil pessoas no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários