Secretário de saúde que duvidava de vacina fura fila para ser imunizado
Prefeitura de Serra do Navio/Divulgação
Secretário de saúde que duvidava de vacina fura fila para ser imunizado

O secretário de Saúde do município de Serra do Navio, no estado do Amapá, Randolph Antônio Pinheiro da Silva, virou alvo, nesta quinta-feira (21), de uma insvestigação do Ministério Público (MP) para apurar se ele usou o cargo para ser vacinado contra a Covid-19 de maneira precoce.

Ele foi um dos primeiros a receber a dose na terça-feira (19). Em dezembro de 2020, pelas redes sociais, ele chegou a contestar eficiência do imunizante.

Nesta primeira etapa da vacinação, segundo os planos Estadual e Nacional de Imunização, só podem ser vacinados profissionais de saúde da linha de frente de combate à Covid-19, indígenas e idosos em casas de repouso e asilos.

Em nota, o MP detalhou que instaurou o inquérito e determinou que, ao ser notificado, o secretário tem 48 horas para encaminhar nome, critério e qualificação de cada pessoa vacinada no município até momento. A promotora suspeita que ele tenha infringido ordem de prioridade de vacinação.

O MP  afirmou que, se for constatado o ato ilícito, o caso pode configurar ato de improbidade, além de crime do artigo 268 do Código Penal, que prevê a responsabilização criminal daquele que pratica infração de medida sanitária preventiva.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários