Melbourne - Austrália
Erik Anderson/AAP Image via AP
Melbourne - Austrália

Na Nova Zelândia e Austrália, cidades como Auckland e Melbourne, após zerarem os números de novos casos da covid-19 , irão sair do sistema de lockdown nesta quarta-feira (17). Desde o início da pandemia, os países da Oceania são destaque em suas medidas de enfrentamento a proliferação do novo coronavírus. Com poucos casos registrados, tal ação permite com que os locais possam retomar a normalidade mais rápido. As informações foram apuradas pelo G1. 

Melbourne, segunda maior cidade da Austrália , permitirá a abertura de vários estabelecimentos nesta quarta (17) a partir das 23h59 do horário local, após as autoridades australianas não registrarem nenhum novo caso da covid-19. Com o fim das restrições, espectadores poderão conferir a final do Australia Open, uma das principais competição de tênis do mundo, que acontece na Melbourne Park. O torneio contará com cerca de 50% do público nas arquibancadas. 

Novas medidas de restrições foram criadas após as autoridades que atuam na área de saúde, detectarem 25 novos casos do novo coronavírus na região. Com isso, algumas medidas continuam em vigor como o uso obrigatório de máscaras e até o dia 26 de fevereiro, as residências poderão receber até cinco visitas por vez. Comércio e escolas voltam para o sistema de reabertura

Em entrevista, o primeiro-ministro de Victoria, Daniel Andrews, comemora o efeito positivo que o  lockdown  teve na região. "Vamos completar esse período com as pessoas sendo capazes de transitar livremente porque esta medida emergencial curta e precisa funcionou", declarou Andrews. 

A Austrália é conhecida por ter um dos planos de enfrentamento ao novo coronavírus mais severos do mundo. Após um surto no segundo semestre do ano passado, as autoridades locais pensaram em restrições severas para conter esse aumento no número de contágio. Com tais medidas, a população chegou a ficar semanas sem registrar novos casos. 

Você viu?

Uma das medidas escolhidas foi de que os visitantes fossem obrigados a cumprir um tempo de quarentena, pois assim, o país tem um controle sobre infectados e possíveis transmissões. Os 25 novos casos de covid-19 detectados na Austrália foram de pessoas que passavam por esse confinamento obrigatório em um hotel no aeroporto. 

Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern
David Rowland/AAP/Reuters
Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern

Na Nova Zelândia , o confinamento de três dias criado na cidade de Auckland, terá seu fim decretado na noite desta quarta-feira (17), após ser confirmado que a alta de números de casos na cidade já está sob controle. A primeira restrição de confinamento na localidade foi definida na noite de domingo (14), após registros de três novos casos. 

A primeira-ministra, Jacinda Ardern, disse que familiares dos infectados, são todos da mesma família e apresentaram resultados negativos nos testes exceto aqueles que foram para o isolamento. "Não temos uma epidemia generalizada, mas simplesmente uma pequena cadeia de transmissão que é administrável por meio dos nossos procedimentos normais de rastreamento e de análise dos casos de contato", afirmou. 

Arden aponta que mesmo com a cidade saindo do sistema de lockdown, ainda permanecerá no nível dois de atenção. Reuniões com mais de 100 pessoas ainda não é permitido e o uso de máscara em transportes públicos ainda é obrigatório. Pessoas que frequentam escolas e que tiveram algum tipo de contato com os três infectados devem ficar em confinamento. 

A Nova Zelândia, referência no combate ao enfrentamento do novo coronavírus registrou apenas 26 mortalidades de covid-19 em um país com cinco milhões de habitantes. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários