Primeira-minista da Nova Zelândia, Jacinda Ardern
Reprodução/TVNZ
Primeira-minista da Nova Zelândia, Jacinda Ardern

A Nova Zelândia ordenou que a maior cidade do país, Auckland , volte a adotar o lockdown . A decisão foi anunciada neste sábado (27) pela primeira-minsitra Jacinda Ardern após um único novo caso de Covid-19 .

As restrições na cidade de 1,7 milhão de habitantes devem durar no mínimo sete dias, a contar a partir de domingo (28). Durante o período, os cidadãos só poderão sair de suas casas para trabalhar ou fazer compras de primeira necessidade.

O novo lockdown foi anunciado menos de duas semanas após um confinamento de três dias em Auckland . Na ocasião, três novos casos de Covid-19 tinham sido detectados.

Agora, a primeira-ministra declarou que o novo caso representa uma "causa de preocupação", porque trata-se de uma pessoa contagiosa há uma semana que não estava em isolamento .

Desde o último lockdown, várias pessoas com um vínculo comum com uma escola em Auckland apresentaram sintomas relacionados à Covid-19. Ardern afirmou, porém, que o novo caso confirmado não tem relação direta com os três anteriores.

As medidas restritivas adotadas pela Nova Zelândia na luta contra a Covid-19 são elogiadas pela comunidade internacional. Até hoje, 26 pessoas morreram vítimas da doença no país, que tem cinco milhões de habitantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários