Com aumento de casos, UTIs do estado se aproximam de 80% de ocupação
Foto: Tempura/iStock
Com aumento de casos, UTIs do estado se aproximam de 80% de ocupação

Com a ocupação dos leitos de UTI se aproximando de 80% e 19 hospitais públicos já lotados, o estado de São Paulo começou neste sábado um período de duas semanas na fase vermelha, a mais restrita do Plano São Paulo. Segundo os novos dados divulgados pelo governo estadual, a ocupação de UTI no estado está em 79,46%, um aumento de um ponto percentual nas últimas 24 horas.

Nesta sexta-feira (05), o governador de São Paulo e autoridades da Saúde admitiram que as próximas semanas serão as piores desde o início da pandemia e convocaram voluntários para o que classificaram de "guerra".

Na capital, a ocupação dos leitos de UTI reservados para Covid está em 81,51%. Até esta sexta-feira, pelo menos 10 hospitais já estavam sem vagas de terapia intensiva para paciantes com coronavírus. No resto do estado, outros nove unidades de saúde também já estavam lotados.

Os números marcam uma semana em que os casos de Covid-19 explodiram no estado e no país.  Em apenas 10 dias, a taxa de ocupação de leitos de UTI na Grande São Paulo saltou de 68,8% para 79,1%. No estado passou de 66,6% para 79,46%.

Você viu?

Neste período, o aumento no número de internados é de 23%, segundo o governo de São Paulo. Por uma semana, São Paulo registrou pico de internações. No dia 27 de fevereiro, eram 7.011 internados na UTI. Nesta sexta-feira, segundo último balanço da secretaria estadual, 7.892 pessoas estão sendo assistidas na terapia intensiva.

Na capital, a ocupação dos leitos de UTI reservados para Covid está em 81,51%. Até esta sexta-feira, pelo menos 10 hospitais já estavam sem vagas de terapia intensiva para paciantes com coronavírus. No resto do estado, outros nove unidades de saúde também já estavam lotados.

Os números marcam uma semana em que os casos de Covid-19 explodiram no estado e no país.  Em apenas 10 dias, a taxa de ocupação de leitos de UTI na Grande São Paulo saltou de 68,8% para 79,1%. No estado passou de 66,6% para 79,46%.

Neste período, o aumento no número de internados é de 23%, segundo o governo de São Paulo. Por uma semana, São Paulo registrou pico de internações. No dia 27 de fevereiro, eram 7.011 internados na UTI. Nesta sexta-feira, segundo último balanço da secretaria estadual, 7.892 pessoas estão sendo assistidas na terapia intensiva.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários