Ministro Pazuello diz que Brasil não terá colapso no sistema de saúde
Carolina Antunes/PR
Ministro Pazuello diz que Brasil não terá colapso no sistema de saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, declarou, na quarta-feira (10), que o sistema de saúde brasileiro "não colapsou, nem vai colapsar". A fala foi proferida no mesmo dia em que o país perdeu 2.349 vidas para a Covid-19, o maior número de mortes em 24h desde o início da pandemia.

"Vivemos um momento grave no país, com muitas perdas de vidas que foram causadas principalmente pelas novas variantes do coronavírus. Nosso sistema está muito impactado, mas não colapsou nem vai colapsar", afirmou o ministro.

E completou: "Peço a cada brasileiro que cuide um do outro e siga as orientações básicas recomendadas e exigidas para proteção coletiva e nos ajude a cuidar do Brasil. É um momento que requer união nacional para que juntos possamos superá-lo."

O ministro também voltou a dar declarações contraditórias sobre o volume de vacinas previstas para março. Mais cedo, nesta quarta,  Pazuello disse em evento no Planalto ter garantidas de "22 a 25 milhões" de doses de vacinas para este mês.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários