Isolamento social no estado do Pará
Agência Pará
Isolamento social no estado do Pará

Belém e mais quatro cidades da região metropolitana vão entrar em lockdown a partir das 21h desta segunda-feira (15), com permissão apenas para que serviços essenciais continuem funcionando. A medida foi anunciada neste sábado (13) à noite pelo governador do Pará, Helder Barbalho , e valerá, a princípio, por sete dias.

Com o objetivo de conter a evolução da pandemia de Covid-19 na capital paraense, a medida vale para Belém e os municípios de Ananindeua, Benevides, Marituba e Santa Bárbara. Nesses locais, que passaram para a bandeira preta, apenas um membro de cada família poderá ser atendido nos estabelecimentos comerciais e as cirurgias eletivas foram adiadas até o fim de março.

Durante a bandeira preta, somente funcionarão supermercados, bancos, farmácias, casas lotéricas e feiras livres. O restante do Pará permanece na fase vermelha. O governador também anunciou a suspensão do campeonato paraense de futebol.

Segundo o governo do Pará, a taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado chega a 83%. Em Belém, a situação é mais grave, com 98% dos leitos clínicos e 89% dos leitos de UTI ocupados. Somente ontem, segundo o Ministério da Saúde, 46 pessoas morreram no estado, elevando para 9.290 o total de falecidos desde o início da pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários