Governo assina contrato com a Pfizer e Janssen para 138 milhões de vacinas
André Biernath - Da BBC News Brasil em São Paulo
Governo assina contrato com a Pfizer e Janssen para 138 milhões de vacinas

O governo federal assinou contratos com as farmacêuticas Pfizer e Janssen  para a entrega de 138 milhões de doses da vacina das empresa contra a Covid-19. Desse total, 100 milhões de doses serão da Pfizer e 38 milhões serão da Janssen. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que está de saída do cargo, já havia anunciado nos últimos dias que o governo estava prestes a assinar os acordos.

No Brasil, até agora a única vacina que obteve registro definitivo para aplicação na população é a da Pfizer. A da Janssen não tem registro definitivo nem autorização para uso emergencial. As vacinas da Pfizer e da Janssen já foram aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para uso emergencial.

O imunizante da Janssen é a única que requer somente uma dose por pessoa. As duas vacinas que o Brasil já tem e que já estão sendo aplicadas na população, AstraZeneca/Oxford e CoronaVac, só possuem a autorização para uso emergencial, por enquanto.

Datas 

As 38 milhões de doses da vacina da Janssen estão previstas para serem entregues no quarto trimestre de 2021. Já as doses da Pfizer, de acordo com o contrato, deverão ser entregues no seguinte esquema:

Você viu?

  • Segundo trimestre de 2021: 13.518.180 doses
  • Terceiro trimestre de 2021: 86.482.890 doses

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários